Adele: menos 45 quilos e “viciada em exercício”. Como ela mudou a sua vida

Ana Araujo

Jornalista

Gordura é formosura, diziam os nossos avós. Até pode ser (afinal, e felizmente, há gostos para tudo…), mas não é saúde. E por isso, aqui no Escolher Viver, acreditamos que perder peso e emagrecer não são uma questão de estética, são uma prioridade para viver melhor. A perda de peso de Adele, de que a cantora falou pela primeira vez numa recente entrevista, é apenas um dos muitos casos entre as estrelas internacionais.

Instagram: Adele

Adele não é a mesma mulher que todos conhecemos quando irrompeu do quase anonimato para se tornar numa estrela mundial. Há pouco mais de um ano, depois de meses de uma pausa na carreira para colocar as ideias em ordem – tinha acabado de se divorciar de Simon Konecki, com quem se casara pouco tempo antes -, surgia em público, pela primeira vez, praticamente irreconhecível: tinha menos 45 quilos e um sorriso rasgado, que nada tinha a ver com o semblante sofrido a que habituou os fãs ao cantar êxitos como “Someone Like You” ou “Hello”. Só agora, em entrevista à revista “Vogue”, é que veio explicar o que levou a essa mudança drástica.

Instagram: Adele

Apesar de ter aderido à prática regular de exercício, Adele, de 33 anos, confessou que a decisão de tratar do físico não se prendeu com a vontade de perder peso, mas sim com a necessidade de fortalecer a mente, até porque “qualquer pessoa, de qualquer forma e tamanho, pode e deve ser ‘body positive'”.

“Nunca foi sobre perder peso, foi sempre sobre tornar-me mais forte e passar o máximo de tempo longe do meu telemóvel”, disse Adele, acrescentando que, atualmente, é “viciada” e faz exercício duas a três vezes por dia. “Levanto pesos de manhã. À tarde, normalmente, faço uma caminhada ou pratico boxe e à noite faço cardio”, enumerou.

Já em agosto de 2020, quando surgiram aquelas suas primeiras fotos, o personal trainer de Adele justificou que a artista nunca quis “ficar super magra”. “Era apenas por uma questão de ficar saudável. Especialmente após uma gravidez [Adele foi mãe há nove anos]”, contou. “Ela está a fazer isto por ela e pelo filho”.

O caso da estrela da música britânica não é único. Ainda em fevereiro deste ano, o apresentador Fausto Silva chocou os espectadores ao surgir na antena da brasileira Globo com menos 24 quilos. Os programas de Faustão, como é carinhosamente tratado, tinham sido gravados e foram estes que foram transmitidos ao longo de várias semanas, enquanto o brasileiro perdia peso durante os tratamentos a um edema linfático. Quando regressou às emissões em direto, apanhou todos de surpresa. “Estou com menos peso do que quando fiz a cirurgia bariátrica. Agora estou super bem e a fazer ginástica”, riu-se.

Há muitos casos de estrelas do mundo do entretenimento que se converteram a um estilo de vida mais saudável e as ‘desculpas’ são variadas. Como a ator norte-americano John Goodman, que perdeu 45 quilos porque tinha medo de ser traído pela obesidade e de que “alguma doença associada” lhe roubasse a vida antes de tempo.

Na verdade, qualquer motivo serve para olharmos mais para nós e para o que o nosso corpo e a nossa mente precisam para viver em harmonia. Como, por exemplo, a cantora Christina Aguilera, que quis ficar mais em forma para o dia do seu casamento e nunca mais perdeu a motivação, o ator Jonah Hill, que se fartou de “estar entre a vida e a morte”, ou ainda Janet Jackson, que se encheu de determinação, arregaçou as mangas e deitou 30 quilos ao lixo. O que interessa, no final de contas, é ser-se saudável. E feliz.

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.