Aftas: porque aparecem e como fazer para desaparecerem da nossa vida?

Diana Rosa

Jornalista

Um dia dá por si e, sem saber como nem porquê, tem uma afta na boca. Às vezes várias. É a dor, misturada com ardor, dificuldade para comer e ao passar a língua até arrepia. É uma situação muito desagradável e que raramente sabemos como resolver. Vamos lá falar sobre o assunto.

Diz a gíria popular que temos aftas quando temos algum problema no fígado, mas as causas não são assim tão específicas. As aftas, ou úlceras aftosas, são lesões na boca, na língua ou na garganta. Normalmente são bastante dolorosas e afetam a fala, a mastigação e a deglutição. Estas feridas ovais e esbranquiçadas ou avermelhadas têm como principal causa a baixa defesa do sistema imunitário, mas não fica por aí.

Estas são as 7 causas mais comuns:

Deficiência nutricional

Nomeadamente por baixos valores de vitamina B12, zinco, ferro e folato. Nutrientes que pode encontrar essencialmente em alimentos ricos em proteínas.

Trauma oral

Caso faça uma escovagem muito agressiva dos dentes, use aparelho ou tenha colocado próteses dentárias, ou tenha mordido a boca acidentalmente.

Desequilíbrio hormonal

Principalmente no caso das mulheres na altura do ciclo menstrual

Uso de medicamentos

Como anti-inflamatórios ou anti-hipertensores

Fatores emocionais

Ansiedade e stress podem diminuir o equilíbrio do sistema imunitário, favorecendo as hipóteses de infeções, além de provocarem uma secura na boca (ou na mucosa) que faz com que as aftas apareçam

Doença celíaca

Ouvimos falar na intolerância ao glúten, mas esta doença gastrointestinal tem outras consequências e uma delas é o aparecimento destas feridas.

Alimentos ácidos

O consumo de alimentos como nozes, ananás, chocolate, tomate, citrinos, vinagre, morangos, entre outros, podem favorecer a secura e o aparecimento de aftas.

O que fazer?

Normalmente as aftas desaparecem por si só, sem que tenha de ir ao médico. Mas atenção, se forem persistentes é sinal de que as aftas poderão estar a enviar-lhe um alerta de uma situação mais preocupante. Estabeleça uma dieta equilibrada e a mente sã, e evite alimentos muito quentes e condimentados. Para acelerar o processo de cicatrização pode colocar mel na lesão, assim como utilizar um antisséptico bocal ou colocar gelo para desinchar. Durante o processo de cicatrização não coma alimentos ácidos como os já referidos, nem kiwi, limão ou tomate. Tenha uma boa higiene oral.

Se quer um conselho bem caseiro, faça bochechos de água morna com água e sal aproximadamente 3 vezes ao dia, uma vez que o sal é antisséptico e facilita a cicatrização.

Quando ir ao médico

Se está há mais de 2 semanas com uma afta, isso não é normal e sugerimos que consulte o seu médico de família ou um especialista. Quando as aftas são muito grandes e extremamente dolorosas, ou o seu aparecimento é muito frequente, também deve marcar uma consulta. Por fim, se começar a ter lesões nos lábios ou se as dores e dificuldade em engolir não melhora com analgésicos, procure um médico, pois pode ser sinal de patologias mais graves.

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.