“Ah, a feijoada faz mal, só tem carnes gordas”. Mentira! Esta é vegetariana

Diana Rosa

Jornalista

Quem lhe foi dizer que, para comer uma feijoada, tem de consumir carnes vermelhas, com gordura, e elevado teor de colesterol, enganou-se. Já sabe que no Escolher Viver passamos a vida a dar-lhe alternativas saudáveis aos pratos tradicionais, para que consiga manter a sua saúde debaixo de olho sem abdicar do prazer de comer aquilo que mais gosta.

Vá… Não negue à partida uma iguaria que desconhece. Não comece já a torcer o nariz. Experimente! O máximo que pode acontecer é não gostar tanto e não repetir a receita. Ah, sim, e não tem de ser vegetariano/a para comer uma feijoada vegetariana. É só apenas mais uma alternativa.

Ingredientes:

700 g feijão vermelho cozido

2 cenouras grandes

Meia couve galega

2 tomates maduros

2 cebolas

4 dentes de alho

2 folhas de louro

2 cravinhos

1 colher de chá de paprika

Azeite, sal e pimenta preta q.b.

1 chouriço vegetal

1 bife de seitan

Preparação:

Faça o refugado (para a malta do norte, o estrugido). Pique a cebola e o alho, coloque numa panela grande com um bom fio de azeite, as folhas de louro e os cravinhos.

Corte a cenoura em rodelas, e adicione ao refugado quando a cebola começar a ficar transparente.

Deixar cozinhar por dez minutos, tapado.

Junte o tomate cortado em pedaços ao refogado, envolva e deixe cozinhar em lume médio até o tomate começar a amolecer, acrescentando um pouco de água sempre que for necessário.

De seguida, adicione o bife de seitan cortado em pequenos cubos, e o chouriço vegetal cortado às rodelas. Deixe absorver os sabores durante aproximadamente 7 minutos.

Acrescente o feijão cozido e tempere com o sal, pimenta preta, paprika e deixae apurar por 15 minutos em lume brando.

Junte a couve cortada em tiras e deixe cozinhar por mais 5 minutos.

Servir com arroz basmati ou integral.

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.