Anda no ginásio? Então tenha cuidado com o que compra no supermercado

Izabelli Pincelli

Produtora de Conteúdos

Quando não é equilibrado com uma boa alimentação, nenhum treino apresenta resultados. Pelo contrário, acaba por trazer problemas ao nosso corpo e organismo. Mas não se preocupe! O Escolher Viver selecionou os alimentos essenciais para adicionar ao seu carrinho de compras.

Todos sabemos que treinar diariamente não é suficiente para sermos considerados saudáveis. Para mantermos uma boa saúde, é necessário a junção de diversos elementos e práticas diárias. Um bom plano de exercício físico só funciona quando equilibrado com uma boa alimentação e horas de sono adequadas.

Mas não é tão simples quanto parece. Apesar de estarmos cientes quando o assunto é distinguir quais os alimentos que são (ou não) saudáveis, é necessário estarmos atentos aos seus benefícios e características, em especial, à hora que os devemos consumir.

Enquanto a alimentação pré-treino deve ser rica em hidratos de carbono complexos (absorção lenta), sendo estes o nosso combustível de energia, o pós-treino deve ser composto por proteínas e hidratos de carbono simples (absorção rápida).

Também não podemos esquecer a importância de nos hidratarmos. Além de a água manter o bom funcionamento das nossas células e do nosso organismo, também previne as lesões musculares. Para sabermos a quantidade de água diária necessária para o nosso corpo, podemos fazer a seguinte equação: peso (em kg) x 35ml.

Por causa de todos os pormenores, antes de nos dirigirmos aos supermercados e mercearias, é importante criarmos um plano alimentar adequado aos nossos horários e tipos de exercício, podendo este variar mediante as mudanças diárias. Mas não há drama! Nós ajudamo-lo a selecionar quais os alimentos a escolher. No entanto, se tem certas especificidades que precisa de respeitar (se por exemplo, quer perder peso, se tem diabetes, se quer ganhar massa muscular…), é bom que procure ajuda especializada se um nutricionista.

Vamos lá aos alimentos essenciais:

Cereais integrais

Não conseguimos treinar sem energia. E, mesmo quando treinamos, não queimamos as calorias necessárias. Os cereais integrais são uma ótima escolha para consumir antes dos treinos. Além de serem excelentes fontes de proteína e fibras, são ricos em hidratos de carbono, sendo responsáveis pela produção de energia.

Ovos

É um dos alimentos mais famosos, quando o assunto é vida saudável. Apesar da sua versão frita apresentar elevadas quantidades de gorduras saturadas, quando cozido é essencial para o ganho de massa muscular.

É uma ótima escolha para o pós-treino, pois repõe os níveis de proteína e hidratos de carbono do nosso corpo. Além de também ser um alimento rápido e fácil de fazer e leve, sendo ideal para consumir à noite.

Batata doce

Também parte do grupo dos alimentos mais consumidos em dietas saudáveis, a batata doce é um tubérculo rico em hidratos de carbono complexos de baixo índice glicémico. Devido a isso, liberta açúcar no sangue gradualmente e evita grandes quedas nos níveis de glicose.

Além disso, previne a fadiga muscular e diminui as dores musculares, sendo assim responsável por melhorar o desempenho durante o treino. Por ser rica em antioxidantes, é uma grande aliada para desintoxicar o organismo. Já as suas propriedades anti-inflamatórias, auxilia na prevenção de inflamações, sejam estas internas ou externas.

Carne branca e peixe

São ricas e essenciais para o crescimento da massa muscular. Mas tenha em mente que não devem ser consumidas fritas, e sim cozidas ou grelhadas, para assim garantir os benefícios esperados.

As carnes magras, como o frango, e peixes como o atum e o salmão são as mais aconselhadas para a inserção de proteínas e gorduras insaturadas, popularmente conhecidas como gordura “boa”, no nosso corpo.  Também são essenciais para aumentar os níveis de oxigénio no nosso organismo, em especial, nos músculos.

Frutos vermelhos

Não é preciso dizer que devemos incluir todos os tipos de frutos na nossa alimentação diária. Além de nos hidratar, oferecem milhares de benefícios ao nosso corpo.

Porém, quando falamos dos frutos do bosque, além de apresentarem as vantagens referidas, também são essenciais para aliviar as dores musculares pós-treino. Apesar de um sumo cair sempre bem, é importante consumi-los ao natural para assim absorver todas as suas fibras e nutrientes.

Aveia

É uma aliada para quem procura emagrecer, pois auxilia na sensação de saciedade devido à sua alta concentração de fibras. Após a atividade física, o nosso corpo está repleto de radicais livres e o consumo de aveia, rico em antioxidantes, é essencial para o controlo dos mesmos e auxiliar na recuperação dos músculos.

A sua única contraindicação é que não deve ser consumida antes de treinos com alta intensidade. A presença de uma fibra, nomeada de betaglucana, faz com que a energia seja libertada mais lentamente, podendo afetar o nosso corpo durante os exercícios.

Leite e iogurtes

Apesar dos batidos com leite serem famosos, não são eles que devem ser consumidos após os treinos. O leite com chocolate de baixo teor de gordura é responsável pela reparação e reconstrução da massa muscular, principalmente após treinos intensivos.

Enquanto as proteínas presentes no leite auxiliam no crescimento da massa muscular, os elevados níveis de cálcio e vitamina D fortalecem os ossos, sendo a sua integração no plano alimentar essencial. Mas atenção ao consumo de produtos lácteos antes do treino. Não são bons para a digestão e podem complicar o treino.

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.