Aprenda a respirar quando faz exercício físico

Vanessa Santos

Fisiologista do Exercício Clinico e Doutorada em Atividade Física e Saúde Investigadora na Faculdade de Motricidade Humana

Respirar é um ato automático, com várias funções. Permite oxigenar todo o corpo, mas também auxilia no fortalecimento muscular. Muitas pessoas passam a vida inteira sem prestar atenção ou a dar importância, mas respirar mal também influência a saúde.

O processo de respiração divide-se em duas fases: a inspiração, quando se dá a entrada de ar no corpo, e a expiração, a fase de saída de ar. Quando inspiramos, o músculo da parte inferior na nossa caixa torácica, o diafragma, contrai e move-se para baixo, permitindo a expansão dos pulmões. Sendo nesse momento em que se dão as trocas gasosas, quando o oxigénio passa para a corrente sanguínea e o dióxido de carbono será expelido durante a expiração, momento de expulsão e subida do diafragma.

Em média durante o dia repetimos este processo cerca de 16 vezes por minuto, e 17 mil a 30 mil vezes por dia.

Muitas vezes a respiração é tão natural que nem damos por ela, nem lhe damos a devida importância. Só quando começamos a desenvolver algum tipo de problema respiratório (infeção ou doença, a Covid-19 veio trazer uma nova importância à respiração) que nos comprometa a respiração “normal”, é que compreendemos a real importância que tem no nosso dia a dia.

Existem diversos tipos de respiração. Os mais comuns são a respiração torácica ou intercostal e a respiração diafragmática ou abdominal. Maioritariamente, as pessoas no seu dia a dia utilizam a respiração torácica, respirando pelo tórax sem utilizar o abdómen. Mas é a respiração abdominal que é considerada a forma mais saudável de respirar, considerada também a mais efetiva das técnicas, e a melhor para controlar o stress, a ansiedade e promovendo uma sensação de relaxamento.

É durante o exercício físico que uma boa respiração é fundamental. Uma respiração errada pode colocar o seu corpo em risco. Durante o exercício, a inspiração deve ser realizada sempre que não está a realizar força e a expiração sempre que necessita de realizar força, por forma a utilizar toda a funcionalidade muscular e a não colocar mais um stress desnecessário ao seu corpo.

Uma boa oxigenação do sangue mantém o corpo saudável e evita uma série de doenças.

Eis os benefícios de uma boa respiração:

  • Ativa todo o corpo;
  • Melhora a capacidade pulmonar;
  • Ajuda a reduzir os níveis de stress e ansiedade;
  • Ajuda a melhorar o desempenho físico;
  • Reforça a oxigenação do cérebro;
  • Melhora a concentração/atenção;
  • Ajuda a reduzir a pressão arterial e a frequência cardíaca;
  • Reduz o cansaço físico e mental;
  • Promove o relaxamento muscular;
  • Ajuda a controlar crises de ansiedade, stress e ataques de pânico.

Seja consciente na sua respiração!

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.