Até ao fim do mês pode destinar 0,5% do seu IRS à APDP. A si não lhe custa nada

Diana Rosa

Jornalista

Todos os anos é bom lembrar que todos os contribuintes podem devolver à sociedade civil 0,5% do seu rendimento em sede de IRS. Ou seja, em vez de entregar esse valor ao Estado pode destiná-lo a ajudar quem ajuda. É um gesto de responsabilidade civil que não lhe custa nada. Não interfere com o seu IRS, nem com o que vai pagar ao receber do Estado. Explicamos-lhe como fazer.

A Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal (APDP) é a associação de diabetes mais antiga do mundo. É uma instituição particular de solidariedade social, pessoa coletiva de utilidade pública, que tem como objetivos estatuários a prestação de cuidados de saúde de carácter preventivo, curativo e de reabilitação; a integração social e comunitária das pessoas com diabetes e a defesa dos seus direitos e a proteção às pessoas com diabetes em situação de manifesta e reconhecida carência económica.

Fundada em 1926 por Ernesto Roma, a APDP conta hoje com cerca de 130 colaboradores, entre médicos de diferentes especialidades, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos, técnicos de saúde, administrativos e auxiliares. Trata-se de uma equipa multidisciplinar, empenhada e envolvida no acompanhamento próximo e na prestação dos melhores cuidados de saúde às pessoas com diabetes que nos procuram.

A APDP, que conta com mais de 15 mil associados, foi o primeiro parceiro institucional do Escolher Viver. Bastaram uns minutos entre o diretor do Escolher Viver, Nuno Azinheira, e o presidente da direção da associação, José Manuel Boavida, para ser criado um entendimento duradouro, que tem, desde setembro do ano passado, permitido aumentar a educação para a saúde dos diabéticos que nos leem.

É, portanto, natural que chegando nós a esta fase de preenchimento do IRS, recomendemos a ajuda à APDP. Se faz o seu IRS, ou se deixa esse trabalho a um contabilista certificado, peça-lhe para fazer a Consignação do IRS (é este o termo) à APDP. Não paga nada mais por isso, é bom repetir.

Como fazer

No Portal das Finanças, o contribuinte pode, até ao final de março, realizar a escolha da entidade a consignar o IRS de 2021.

Seja solidário e ajude a APDP a ajudar as pessoas com diabetes!

Para consignar o seu IRS à APDP deve selecionar o botão de “Pesquisa” junto ao campo NIF, procurar pelo nome APDP – Associação Protectora dos Diabeticos de Portugal ou pelo NIF 500 851 875 e submeter a opção.

Esta escolha que o contribuinte faz agora aparecerá, depois, pré-preenchida no modelo 3. No entanto, poderá ser inscrita manualmente a entidade escolhida e o respetivo NIF no momento de entrega da declaração de IRS, no período entre 1 de abril a 30 de junho.

Destinar 0,5% do seu IRS à APDP não tem qualquer custo para si.

A diabetes continua a registar uma alta prevalência no nosso país. São mais de 1 milhão de portugueses que vivem com esta doença. Ao consignar o seu IRS à APDP está a atribuir parte dos seus impostos para as atividades de apoio assistencial, social, formativo e de investigação desenvolvidas pela APDP em benefício das pessoas com diabetes.

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.