Bacalhau, a estrela do Natal. É bom e faz bem ao coração

Carolina Jesus

Produtora de conteúdos

Cozido com couves, à Brás, com natas ou à Gomes de Sá, você decide! Além de reduzir o colesterol e melhorar o desempenho cognitivo, o bacalhau traz muitos outros benefícios para a sua ceia de natal.

O bacalhau é um dos peixes mais tradicionais da cozinha portuguesa e, certamente, já fez parte de muitas das suas refeições, incluindo no Natal. O sabor conquista qualquer um, mas e os nutrientes? São vários e fazem bem à saúde. Portanto, mantenha o bacalhau de molho, porque a Consoada está já aí à porta.

Informação nutricional do bacalhau

Informação por 100 gramas de bacalhau (atenção que uma posta de bacalhau nunca tem 100 gramas. Conte uma média de 250 a 350 gramas… e faça as contas.

Calorias: 106         

Água: 70 g           

Proteínas: 26,2 g

Gordura: 0,1 g

Gordura saturada: 0,1 g

Hidratos de Carbono: 0 g

Colesterol: 72 mg

Sódio: 1228 mg

Cálcio: 46 mg

Fósforo: 103 mg

Magnésio: 31 mg

Fonte: Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge – SNS

Benefícios do bacalhau

Reduz os níveis colesterol

O bacalhau é rico em em ómega 3 e niacina, dois componentes responsáveis por reduzir os níveis de “mau” colesterol (LDL) e os triglicéridos, ou seja, gordura presente no sangue.

Fortalece os níveis de imunidade

Mais uma vez, o ómega 3 vem mostrar que é um forte aliado da nossa saúde. Graças a ele, é possível aumentar os níveis de imunidade do nosso organismo e melhorar a circulação sanguínea.

Previne doenças cardiovasculares

Também o ómega 3 é responsável por reduzir a inflamação e tem propriedades anticoagulantes, melhorando a saúde do coração.

Diabetes

Pelos aspetos referidos anteriormente, o bacalhau é um ótimo alimento para os diabéticos, especialmente por ter uma ínfima quantidade de hidratos de carbono. Além disso, o óleo presente no bacalhau também é responsável por reduzir as diabetes tipo 1, de acordo com um estudo publicado pelo “The American Journal of Clinical Nutrition”. 

Melhora o desempenho cognitivo

O bacalhau traz fortes benefícios à saúde cerebral, evitando certas condições que surgem quando vamos envelhecendo. Apesar de não estar completamente comprovado cientificamente, alguns estudos já apontam que possa reduzir o risco de Alzheimer.

Hidrata a pele e o cabelo

O bacalhau é responsável por combater os radicais livres, fornecendo uma boa hidratação da pele e prevenindo o envelhecimento precoce. Além disso, também é capaz de acelerar o crescimento do cabelo e de combater a sua queda.

Reduz os níveis de stress e depressão

Graças, mais uma vez, ao ómega 3, o bacalhau consegue reduzir o stress e combater a depressão, por ajudar a levar o sangue ao cérebro.

Melhora a asma

O bacalhau consegue produzir antioxidantes em grande quantidade, ajudando no combate dos radicais livres e prevenindo ataques de asma.

Diminui os riscos de cancro do cólon

É através das vitaminas B12 e D e do selénio que o bacalhau consegue reduzir as probabilidades de desenvolver cancro do cólon.

Ajuda nos tratamentos de leucemia

O bacalhau é responsável por compensar com os níveis de iodo que desaparecem do nosso organismo, no decorrer dos tratamentos de combate à leucemia, como a quimioterapia.

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.