Conjuntivite: sintomas e tratamento… enquanto o diabo esfrega um olho

Diana Rosa

Jornalista

Alguma vez teve conjuntivite? Se calhar teve e nem sabe bem. Não se preocupe, é comum! Esta inflamação que aparece no olho causa transtorno, comichão, dor e mesmo o cair de uma lágrima de vez em quando, mas estamos aqui para desvendar quais as causas desta doença e o que pode fazer para mandá-la bem para longe.

A pálpebra e o globo ocular estão envoltos de uma membrana chamada conjuntiva. Podia ser o nome de uma amiga de qualquer um de nós, mas não. Esta película quando é agredida pelo pólen resolve queixar-se, mas também pode infamar por razões virais ou bacterianas.

Além desta, há outras razões comuns para uma conjuntivite, entre elas:

  • Fumar ou estar exposto ao fumo do tabaco de forma prolongada
  • Agentes tóxicos ou produtos de limpeza
  • Ácaros e pelo de animal
  • Inalação do odor de tintas para o cabelo
  • Constipações e outras propagações virais ou bacterianas
  • Toma de certos medicamentos
  • Partilha de toalhas de rosto
  • Água de piscinas

Quais são os sintomas?

– Pálpebras inchadas

– Comichão e ardor nos olhos

– Olhos vermelhos e lacrimejantes

– Visão turva

– Secreções oculares

– Sensação de areia nos olhos

– Intolerância à luz

Como tratar?

Não existe um tratamento específico para a conjuntivite. Terá de ser o seu médico oftalmologista a indicar qual o método mais adequado para o seu caso, podendo passar pelo uso de pomadas com princípios ativos antibacterianos, ou a toma de anti-histamínicos. Mas há regras que pode seguir para que a recuperação seja mais rápida.

  • Lave as mãos com frequência
  • Não coce nem leve as mãos aos olhos
  • Lave os olhos com regularidade para limpar as secreções
  • Não use lentes de contacto
  • Não partilhe toalhas, lençóis ou almofadas com outras pessoas
  • Não esteja em ambientes de fumo ou que contenham pó ou ácaros
  • Lave as mãos antes e depois de aplicar pomadas
  • Não mergulhe em piscinas
  • Evite a exposição solar

Como prevenir?

A lista é parecida com a anterior, mas impera a regra do bom senso:

  • Não partilhar toalhas de rosto com outras pessoas
  • Lavar as mãos com frequência
  • Não partilhe maquilhagem ou outros produtos de cosmética, pois podem estar contaminados
  • Use óculos apropriados para natação, se estiver em piscinas
  • Não mexa nos olhos antes de lavar as mãos

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.