Dois meses a tocar a vida das pessoas. Obrigado!

Nuno Azinheira

Diretor do Escolher Viver

O Escolher Viver faz dois meses este sábado, dia 20 de novembro. Já dois meses. Só dois meses. E já conseguimos tanto! Mais de 400 textos e vídeos publicados, num site que não tem uma redação organizada. A produção de conteúdos é assegurada por mim e pela Diana Rosa, com a colaboração da Carolina Jesus, minha aluna de Jornalismo na ETIC, onde frequenta o segundo ano do seu curso. Neste projeto conto com o apoio entusiasta de parcerias que prestigiam e credibilizam o Escolher Viver. A começar pela Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal e pelo Hospital Cruz Vermelha e mais de 30 profissionais especialistas em saúde, alimentação e exercício, que nos ajudam a chegar cada dia a mais pessoas.

O feedback que tenho recebido é incrível. Todos os dias chegam-me comentários, mensagens, exemplos de superação e novos recomeços de homens e mulheres que se sentem contagiados pelo espírito do Escolher Viver. Era esse o meu principal objetivo quando pensei no projeto no verão passado: criar uma plataforma de informação credível, com dicas úteis para uma vida mais saudável. No fundo, uma extensão do desafio que eu próprio abracei no início deste ano e que ainda nem a meio vai. Para já, no entanto, registe-se com orgulho, 22 quilos perdidos.

Muitos amigos me têm perguntado se o Escolher Viver já está a “dar retorno”. Sorrio quase sempre. Então não? Este projeto, que tem apenas dois meses, dá-me todos os dias força para continuar, ajuda milhares de pessoas diariamente e ensina-me a mim a fazer melhores escolhas no que toca a saúde. Todos os dias aprendo, todos os dias desmonto mitos, todos os dias conheço novas pessoas, novas técnicas, novas realidades. E todos os dias me fascino mais com as questões de saúde e com a disponibilidade dos nossos parceiros, que vão crescendo em número todos os dias.

O novo ano está quase a chegar. E com ele virão novas áreas no Escolher Viver, novas abordagens, novas formas de estarmos juntos, de partilhar conhecimento e experiências e de optarmos por uma vida mais saudável.

Sim, o Escolher Viver já está a “dar retorno”. Sei que os meus amigos se referem a retorno financeiro. Este não é o meu emprego, embora também faça parte do meu trabalho. Mas a resposta é clara: não, ainda não! Também era difícil: não temos equipa comercial no terreno. Uma coisa de cada vez: o que estamos a construir é uma plataforma que vai continuar a crescer. A chegar às pessoas e a impactar as suas vidas. E isso é tudo o que as marcas querem: chegar às pessoas.

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.