Domingo é dia de brunch. E, sim, é possível fazer um brunch saudável. Vai uma aposta?

Diana Rosa

Jornalista

Ovos mexidos, vários tipos de pão, croissants, arrufadas, queijos e enchidos, fruta fresca, panquecas, manteigas e compotas, quiches, salgadinhos, granola, cereais, iogurtes, ui… tanta coisa! O brunch, que é já uma moda nas grandes cidades, pode ser uma facada brutal numa dieta equilibrada. Mas, calma: se gosta de acordar tarde ao domingo e juntar o pequeno almoço com o almoço, há alternativas saudáveis…

O Brunch é um conceito que veio para ficar, principalmente para aqueles que gostam de começar o dia com uma mesa recheada de uma diversidade de iguarias que dão conforto à alma. Croissants, bolos, smoothies, e outros doces prazeres compõem o prato como se de um “pijaminha” se tratasse. O problema é que esta mesa bem composta pode significar uma bomba calórica que deita por terra a quantidade de açúcar e gordura que devemos consumir ao longo do dia.

Para ajudar a contornar esta situação, fomos falar com a nutricionista Inês Carretero, que nos deixa dicas para um brunch saudável, colorido, e sem culpas!

É possível fazer um brunch saboroso sem alcançar um teor calórico elevado?

Inês Carretero: Claro! Há imensas dicas para um brunch saudável. A única questão é mesmo quando juntamos muita comida num curto espaço de tempo, ainda que dita comida saudável.

Quais são os princípios importantes para compor um prato equilibrado e variado?

Inês Carretero: As proteínas têm de estar sempre presentes, como o ovo ou iogurte, porque ajudam a manter a saciedade e a reduzir a absorção do açúcar. As fibras também auxiliam nesse processo, no caso dos hidratos de carbono complexos, como o pão mais escuro. Mas o must eat de um brunch saudável, por incrível que possa parecer, é mesmo acompanhar tudo isto com uma boa salada de base para que a absorção das gorduras e açúcares seja mais lenta.

Portanto, devemos começar um brunch sempre com salada e tê-la como acompanhamento até à última garfada.

Mas, se quisermos ser mais objetivos, vamos deixar aqui uma lista de alimentos que pode incluir no seu brunch, e desfrutar de uma refeição bem saborosa:

✅ Salada variada

✅ ovos mexidos

✅ panquecas de aveia

✅ pão escuro

✅ chás frutados sem adição de açúcar (Lipton de frutos vermelhos, açaí, morango…)

✅ fruta: kiwi, abacaxi, morango ou maçã.

✅ compotas ou doce (sem adição de açúcar)

✅ limonada com gengibre (sem adição de açúcar)

✅ queijo magro e fiambre de aves

✅ A opção doce poderá ser um bolo de iogurte skyr (sem açúcar simples e substituído por puré de fruta, com azeite em vez de óleo)

Agora que já conhece as dicas para regar o seu brunch com alimentos saborosos e saudáveis, é só por mãos à obra e deliciar-se. E claro, pode sempre caprichar na apresentação e tornar tudo instagramável!

Bom apetite!

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.