É bonito, saboroso e saudável. Cinco benefícios do açafrão

Escolher Viver

Cozinhar com especiarias é um sinal de inteligência, francamente recomendado pelos médicos. Porque as especiarias, para além da cor e do sabor que emprestam aos pratos, escondem propriedades interessantes para várias maleitas e são excelentes substitutos do sal, por exemplo. Quantas vezes não ouviu o seu nutricionista a pedir-lhe para usar ervas aromáticas e baixa o teor de sal nos seus pratos? Pois, ele lá sabe porquê, não é?…

O açafrão, também conhecido como açafrão das índias, é uma das especiarias mais interessantes da cozinha mundial, embora haja uma grande confusão entre o açafrão e a curcuma. Quando em pó, tem o mesmo tipo de cor, mas a diferença considerável é no preço. Enquanto a curcuma é uma espécie de raiz como o gengibre, que pode ser plantada em casa, o açafrão deve as suas origens aos estigmas vermelhos de uma especial flor de açafrão, Crocus Sativus, que cresce em algumas das mais inóspitas regiões do mundo e que têm de ser escolhidas e colhidas com grande cuidado. Tanto cuidado e parcimónia, que faz disparar os preços. São necessárias 150.000 a 200.000 flores para produzir um quilo de açafrão, que chega a ser vendido por 30.000 euros, ou seja, três vezes o preço do caviar. Portanto, sejamos claros: em muitos casos, o açafrão que consumimos em casa, comprado num normal supermercado, é uma mistura feita à base de curcuma e com algum açafrão.

Açafrão ou curcuma produzem pratos lindos, amarelos e saborosos: a Paella espanhola, ou o nosso Arroz à Valenciana, precisa de açafrão para ter aquele toque de génio que fazem dela, um dos mais exaltantes pratos da cozinha mediterrânica. E tem propriedades que convém conhecer:

Protege o coração
Evita o acumular do chamado mau colesterol, o que protege o coração e evita problemas coronários. Além disso, a ciência descobriu que a curcumina reduz o risco de insuficiência cardíaca.

Evita envelhecimento precoce
Muitos estudos indicam que essas propriedades encontradas no açafrão são atribuídas principalmente aos carotenoides – crocina e safranal – com propriedades antioxidantes e coletores seletivos de radicais livres.

Evita a diabetes
Essa poderosa substância também pode prevenir a diabetes em desenvolvimento. Um estudo feito com pré-diabéticos incluiu o extrato de curcumina na dieta por nove meses. Um grupo realmente consumia o açafrão, mas o outro não. Ao final da pesquisa, nenhum dos indivíduos que recebeu as doses de curcumina desenvolveu o diabetes tipo 2.

Reduz a inflamação no organismo
Usada na culinária indiana, o extrato de curcuma (ou açafrão da Índia) é um tempero com propriedades anti-inflamatórias. E essa substância aumenta a resistência das células aos danos oxidativos, além de reduzir os processos inflamatórios no organismo.

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.