O DIÁRIO DE UMA EX-OBESA

Sofia Grangeio

Uma história de superação. Confissões, vitórias e derrotas contadas na primeira pessoa. Todas as semanas, Sofia escreve uma crónica no site Escolher Viver.

O importante é o caminho

No mesmo dia, mas em épocas muito diferentes, têm início duas histórias: a minha e a destas crónicas. Era um dia 8 de Agosto, e comecei a desenhar um caminho que fui percorrendo até hoje, em que resolvi aceitar o convite do Nuno Azinheira para partilhar convosco parte deste percurso.

“Há muito, muito tempo, era eu uma criança…”, feliz, muito brincalhona, gostava de correr, saltar, ir à praia. Tinha a certeza que, se fosse um animal, queria ser um gatinho. Mas um gatinho “solto”! Estava aqui implícito o meu gosto pela liberdade que a vida me coarctou, fazendo-me refém do meu corpo.

Tinha muitos amigos. Neste grupo sentia-me a mais gordinha, embora nunca mo dissessem e hoje sei que não o era. Sinto que não desfrutei em pleno das oportunidades que a vida me proporcionou nesses tempos tão ricos de vivências, por esse sentimento de PATINHO FEIO que então me perseguia.

Quando entrei para a faculdade, com a saída do meu porto de abrigo, a minha alimentação passou a estilo junky food e adotei um “moderno” lifestyle. Atividade física, zero. Saídas à noite, muitas. Bebidas alcoólicas, com frequência. Descanso, nada. Aí o meu corpo começou a dar sinais com o meu peso a aumentar.

A vida seguiu o seu caminho, umas vezes reto, outras sinuoso, até que uma relação muito tóxica conduziu ao descalabro: um aumento de peso terrivelmente rápido, para o qual não estava preparada e com o qual não soube lidar. Hoje, tudo para mim é muito claro. Mas na altura não foi assim. Como foi esse processo? Quando senti que tinha batido no fundo? Percebi logo que precisava de ajuda? São essas as respostas que procurarei dar na próxima semana. Por hoje, é tudo. Boa semana de trabalho, ou de férias (se for daqueles/as que escolheu setembro para descansar…). Deixo-vos fotos do Antes e do Depois. Mas mais importante que o destino final foi o caminho. É dele que vos falarei aqui todas as semanas. Até para a semana!

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.