O PORQUÊ DAS COISAS: Porque espirramos de olhos fechados?

Diana Rosa

Jornalista

A próxima vez que espirrar, tente fazê-lo de olhos abertos. Tente uma vez, tente duas e tente três. Apostamos que não vai conseguir, porque simplesmente não é possível. Mas porque será que isso acontece? O que é que o espirro tem a ver com os olhos? É isso que vamos saber desta vez n’O Porquê das Coisas.

O espirro tem o nome científico de “reflexo de esternutação”, e o seu papel é proteger o nosso nariz (e consequentemente, o sistema respiratório) de corpos estranhos ao nosso organismo, que estão alojados na mucosa nasal.

Sabe qual é a velocidade que o ar expelido atinge quando espirramos? Aperte os cintos! Pode chegar até 160 quilómetros por hora.

Um espirro é muito mais do que dizer um “atchim!”. Na verdade, é um instante em que se contraem muitos músculos do tórax, garganta e rosto, incluindo das pálpebras, fazendo com que de repente possa deitar uma ou outra lágrima. Portanto, a explicação é precisamente esta. Ao espirrar, provocamos um reflexo nos músculos dos nossos olhos, que imediatamente se fecham para que as partículas que são expulsas pela boca não entrem para os olhos.

De resto, esqueça aquele mito que diz que não espirramos de olhos abertos porque os globos oculares podem explodir. É mesmo porque o organismo sabe o que faz.

Se quiser saber outras curiosidades, deixe a sua sugestão na caixa dos comentários. Estamos ansiosos por lhe contar o Porquê das Coisas.

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.