O que quer dizer o quê? Veja aqui o glossário das dietas de origem vegetal

Carolina Jesus

Produtora de conteúdos

Já deu consigo a pesquisar por termos vegetarianos e/ou veganos, pois não sabia o seu significado? No meio de tantos conceitos e alimentos com estranhas denominações, damos-lhe uma ajudinha com as suas definições de origem vegetal.

Apresentamos-lhe breves conceitos, de forma a conhecer, resumidamente, alguns termos das dietas de origem vegetal. No entanto, caso queira saber mais, pode encontrar muitos destes temas no website.

Aquafaba – Líquido resultante da cozedura de leguminosas, como o grão-de-bico, usado em substituição da clara de ovo.

Ágar-ágar – Proveniente de uma alga, consiste numa alternativa vegetal à gelatina.

Bebidas Vegetais – Popularmente conhecidas como “leites vegetais”, são bebidas que se assemelham ao leite da vaca, feitas através de produtos de origem vegetal. As mais comuns são feitas de soja, amêndoa, aveia, arroz, coco ou ervilhas.

Crudivorismo – Uma dieta que abrange todo o tipo de alimentos, mas que obriga a que eles se comam crus, de forma a não destruir todos os seus nutrientes. Podem, no entanto, ser cozinhados ou aquecidos a uma temperatura até 40ºC.

Flexitarianismo – Uma pessoa flexitariana é alguém cuja alimentação se centra em alimentos de origem vegetal, mas que abre exceções para a carne e para o peixe, não os excluindo completamente da dieta. Também pode ser chamado de “semi-vegetarianismo” ou “reducitarianismo”.

Frutarianismo – Uma dieta centrada apenas no consumo de frutas, privilegiando as frutas cruas, mas incluindo, também, frutos secos e sementes.

Lacto-vegetariano – Alguém vegetariano que não inclui todos os derivados de origem animal, abrangendo apenas os laticínios.

Macrobiótica – Estilo de vida que tem como objetivo adaptar a alimentação e o comportamento ao que a natureza transmite. A dieta centra-se em produtos de origem vegetal, como cereais, legumes e leguminosas.

Ovo-lacto-vegetariano – Uma pessoa vegetariana, ou seja que consome produtos de origem vegetal, mas que apenas consome ovos e laticínios.

Ovo-vegetariano – Uma pessoa vegetariana que, dos derivados de origem animal, apenas consome ovos.

Pescetarianismo – Uma dieta que inclui produtos de origem animal e, também, peixe e outros alimentos do mar. No entanto, exclui a carne.

Queijo vegano – Um produto semelhante ao queijo, que não leva ingredientes lácteos. Feito através de feijões de soja e outros legumes ou frutos secos, é isento de lactose.

Quinoa – Apesar de ser considerada a “mãe de todos os cereais”, é uma semente muito rica em proteínas. Pode substituir os cereais ao pequeno-almoço, servir de acompanhamento, ser incluída em saladas e, até, em receitas, como alternativa à farinha.

Seitan – Uma alternativa à carne, feita através da fermentação do glúten. Pode ser grelhado, assado, estufado e cozido.

Soja – Vinda dos feijões de soja, é uma alternativa à carne que substitui, tanto a proteína, como os laticínios.

Tempeh – Uma alternativa à carne, feita através de soja fermentada. Pode ser cozido, assado, grelhado e cozido a vapor.

Tofu – Uma alternativa à carne, que também poderá substituir os ovos e o queijo, e que é feita através de leite de soja. Pode ser comido cru ou cozido.

Veganismo – Pessoas cuja alimentação se restringe unicamente a alimentos de origem vegetal, excluindo a carne, o peixe e os seus derivados.

Vegetarianismo – Uma pessoa vegetariana é alguém que consome produtos de origem vegetal, excluindo a carne e o peixe, mas que também inclui derivados de origem animal, como leite e ovos.

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.