O trigo que não é trigo e que ajuda a perder peso e faz bem ao coração

Diana Rosa

Jornalista

Certamente já ouviu falar de trigo sarraceno, mas o que provavelmente desconhece é que na verdade ele é uma semente e não um cereal, como o trigo vulgar. Sabia? Então, leia este texto, conheça as propriedades desta semente e veja os benefícios que lhe podem trazer. Ah, e ainda lhe damos uma receita como bónus.

Também denominado de “trigo mourisco”, esta semente possui uma casca muito dura e de cor acastanhada. A nível nutricional, o trigo sarraceno ajuda a promover o trânsito intestinal, uma vez que tem um alto teor de fibras, previne doenças cardiovasculares, ajuda a uma boa digestão e reduz os gases intestinais. Uma das vantagens da utilização deste trigo é que pode usá-lo no mesmo tipo de receitas que usa o trigo normal, quer seja doces ou salgados, substituindo assim a farinha comum. Apesar de não ter glúten, o seu comportamento químico é igual aos restantes farináceos, o que significa que não vai alterar o resultado das suas receitas.

O trigo sarraceno tem origem asiática e é plantado pelos chineses desde há vários séculos, sendo este alimento parte da sua alimentação desde a antiguidade. Ainda assim, é consumido em toda a parte do mundo, além de fazer parte de muitas rações animais.

Relativamente às suas propriedades, ele é rico em fibras, proteínas, sais minerais, como ferro e magnésio, e vitaminas A, B, C, E, K, além de ser antioxidante, anti-inflamatório, saciante e energizante.

Quais são os benefícios deste alimento?

Protege o trato digestivo, promovendo uma boa digestão

Graças às fibras desta semente, que oferecem uma grande sensação de saciedade, o seu intestino vai funcionar com mais facilidade e regularidade, evitando assim a obstipação. O trigo sarraceno tem ainda uma componente probiótica que ajuda a manter a flora intestinal em boa condição.

Reduz os níveis de açúcar no sangue

Uma boa notícia para os diabéticos. Com baixo índice glicémico, este alimento de absorção lenta de açúcar faz com que os níveis de insulina permaneçam regulados.

Promove a saúde cardiovascular

Dada a presença de magnésio, potássio, fibras e rutina, o trigo sarraceno pode ajudar na redução da pressão arterial e do colesterol, combater a inflamação das artérias, e prevenir a agregação de placas de gordura nas paredes arteriais.

Promove a imunidade

Uma vez que é rico em antioxidantes, graças aos seus compostos fenólicos, combate os danos causados pelos radicais livres e ajuda assim a prevenir problemas de saúde tais como cancro e envelhecimento precoce.

É adaptado a celíacos

O trigo sarraceno é semelhante à cevada, mas com a vantagem nutricional de não conter glúten. Por isso, é uma boa alternativa para quem tem esta intolerância.

É rico em proteína

O que é uma boa notícia também para vegetarianos, uma vez que este alimento é uma fonte de proteína vegetal contendo vários aminoácidos que favorecem o crescimento muscular e que não são produzidos naturalmente pelo nosso organismo

É rico em minerais e vitaminas

Quer seja em forma de sementes ou de farinha, este ingrediente tem um elevado composto de manganês, zinco, magnésio, ferro e ácido fólico.

Promove a perda de peso

As sementes inteiras de trigo sarraceno são um bom aliado a quem deseja perder peso, já que têm um teor calórico inferior comparativamente ao trigo ou à cevada, sendo livres de gorduras e ricas em fibras e proteína. Esta combinação favorece a digestão e tem um papel importante no controlo da glicose, favorecendo assim a perda de peso.

Como usar?

O trigo sarraceno pode ser utilizado como substituto do arroz, na salada, em sopas, em receitas de pão, bolos ou massas, sendo usado no lugar da farinha convencional.

Há muitas receitas disponíveis que contém trigo sarraceno, ainda assim deixamos aqui uma das centenas de opções disponíveis, que esperamos que goste!

Salada rápida de frango com trigo sarraceno

Ingredientes

100g de trigo sarraceno em grão

120g de frango desfiado

1 pepino cortado em rodelas finas

1 tomate cortado em pedaços

Azeite e vinagre balsâmico a gosto

Sal q.b.

Preparação

Comece por deixar o trigo de molho durante cerca de 4 horas antes de o cozinhar. Depois desse período, deite a água fora e lave os grãos com ajuda de um passador.

Para cozer o trigo sarraceno, as medidas de água a colocar são as mesmas do arroz e outros grãos, ou seja, duas medidas de água para uma medida de trigo. Ponha o trigo a cozer e deixe-o ferver aproximadamente 15 minutos. Retire do lume e reserve. Coza, grelhe ou frite o frango num fio de azeite. Quando estiver cozinhado desfie, fatie os legumes e misture todos os ingredientes. Tempere a gosto com sal, azeite e vinagre e sirva este prato colorido. Bom apetite!

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.