Operar o coração de forma minimamente invasiva? Sim, é possível. E nós vimos como se faz

As doenças do coração continuam a ser a maior causa de morte em Portugal. Por isso, todos os cuidados são poucos e devemos ser vigilantes e cumprir as recomendações dos médicos. Mas há alturas em que não há alternativa e o problema tem de ser resolvido no bloco operatório. No Heart Center do Hospital Cruz Vermelha, em Lisboa, estas intervenções cirúrgicas já não são feitas de peito aberto. E ninguém acorda com uma cicatriz ao longo de todo o corpo. O site Escolher Viver acompanhou uma operação para corrigir um aperto na válvula aórtica, ao lado da equipa liderada pelo cirurgião cardiotorácico Luís Baquero. Quatro horas no bloco, que mais parece o… cockpit de um avião.

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.