Poucas calorias, muita fibra e vitaminas. Veja só o que as nabiças podem fazer por si

Carolina Jesus

Produtora de conteúdos

Certamente que já incluiu o nabo em alguma refeição, mas a questão que se coloca é: e as folhas? Não as deita para  o lixo, pois não? Descubra quais as particularidades nutritivas que estes verdes dão para a sua saúde!

Uma sopa de nabiças ou um esparregado de nabiças são, talvez, as utilizações mais comuns da nabiça, embora a imaginação seja o limite. O que importa é saber aproveitar bem os benefícios de cada nutriente. Apesar de terem a mesma origem, o nabo e a nabiça apresentam diferentes benefícios para a sua saúde, devido à presença e às quantidades de cada um dos seus nutrientes.

Composição nutricional

Em cada 100 gramas de nabiças, é possível encontrar os seguintes nutrientes:

  • Calorias: 16
  • Proteína (g): 1,8
  • Gordura (g): 0,4
  • Hidratos de carbono (g): 1,3
  • Fibra alimentar (g): 2,2
  • Colesterol (mg): 0
  • Vitamina A (ug): 174
  • Caroteno (mg): 838
  • Vitamina C (mg): 43
  • Folatos (ug): 54
  • Sódio (mg): 108
  • Potássio (mg): 100
  • Cálcio (mg): 106
  • Fósforo (mg): 22
  • Magnésio (mg): 10

Benefícios das nabiças

Já indicada a carga nutricional existente nas nabiças, é possível ilustrar quais os benefícios que desta resulta.

  • Prevenção de cancro: as nabiças são responsáveis por prevenir vários tipos de cancro, tais como: do pulmão, cólon, fígado, estômago e mama. As razões que levam isto a acontecer são a regulação e a inibição do desenvolvimento de células cancerígenas, o aumento da excreção urinária destas substâncias e a possível origem de apoptose (morte celular);
  • Diabetes: as nabiças têm grandes efeitos nos diabéticos, devido à quantidade de fibra presente no alimento. Este nutriente tem o papel de reduzir a glicose no sangue e de aumentar os níveis de insulina;
  • Redução de anemia: a vitamina C é fundamental no que diz respeito à reposição de ferro, pois a sua ingestão aumenta as capacidades de absorção deste nutriente;
  • Prevenção da osteoporose: como referido anteriormente, as nabiças têm uma grande quantidade de cálcio, na sua composição. Deste modo, este nutriente atua fortalecendo os ossos, diminuindo o risco de lesões. Além do cálcio, a vitamina A e o magnésio também têm um papel essencial neste benefício;
  • Melhoria da digestão: também em consequência das fibras, as nabiças provocam a regulação do sistema digestivo, evitando a prisão de ventre;
  • Hidratação da pele e do cabelo: as grandes doses de vitamina A ajudam no crescimento de tecidos, melhorando a pele e o cabelo. Além disso, também facilita a produção de sebo, responsável por manter o cabelo hidratado;
  • Melhoria do sono: as nabiças são compostas por um nutriente chamado “colina”, tendo um grande papel no funcionamento cerebral. Deste modo, é responsável por nos ajudar a dormir melhor, mas também auxilia noutras funções cognitivas, como a aprendizagem e a memória. Além disso, também aumenta os níveis de serotonina, a hormona da felicidade, melhorando o estado de espírito.

Fotografia meramente figurativa

Sopa de nabiças sem batata

Ingredientes:

3 curgetes grandes;
2 xuxu chuchu;
3 cenouras;
250 gr de abóbora;
1 molho de nabiças (300 gramas);
1 cebola;
1 colher de sopa de azeite;
1 pitada de sal;
1 molho de coentros;
Água.

Modo de preparação

Ponha uma panela de pressão ao lume, cheia de água. Enquanto a água aquece, corte a curgete (com ou sem casca, como preferir, embora a casca esteja cheia de fibras e fique ótima na sopa…), o chuchu, as cenouras, a abóbora e os coentros.
Assim que a água estiver a ferver, coloque os legumes cortados e tempere com uma pitada de sal. Não abuse, porque já vai ter os coentros a dar gosto. Pode acrescentar um pouco de pimenta e um cravinho, se gostar do sabor. Fecha a panela de pressão, coloque o pipo e deixe cozer durante 15/20 minutos. Findo esse período, deixe sair o vapor, e use a varinha mágica para reduzir os legumes a puré. Desliga o lume. Coloque um fio de azeite equivalente a uma colher de sopa (o azeite vai a cru, sem cozinhar). Coloque as nabiças na panela e cubra a panela novamente. O calor residual da panela vai acabar por cozer as nabiças, ficando estaladiças.

E, pronto, tem uma ótima sopa para comer durante a semana. Alimento mais equilibrado e barato não há!

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.