Quando tenho de correr para queimar as calorias do bolo que comi?

Diana Rosa

Jornalista

No Escolher Viver somos seus amigos. Procuramos ajudar com as melhores dicas e conselhos para que faça as escolhas certas e mais saudáveis. Mas se pecar e cair em tentação – oh, valha-nos o padroeiro da resistência! -, tem sempre uma solução: calce os ténis e vá queimar os demónios que acabou de ingerir.

Pronto, passou por aquela montra a caminho de casa e não resistiu a comer um bolinho, ou dois! Aquele creme estava mesmo a pedi-las, e aqui para nós que ninguém nos ouve, já andava a namorar aquela cobertura de ovo com amêndoas há uns dois ou três dias, não é? É. E como uma vez não são vezes, toca a entrar e a fazer o gosto à boca, porque de vez em quando também merece! Só que agora, já em casa, refastelado no seu sofá, dá por si a pensar “ai, que eu não devia ter comido aquilo, mas soube-me tão bem!”

Agora é voltar à rotina normal de alimentação saudável e fazer exercício para dizer adeus à gordura e ao açúcar que ingeriu. Mas não pense que isto é regra para cumprir todos os dias. Se comer um bolo hoje, outros dois amanhã, não há tanquinho que sobreviva.

Pois bem, como também somos pela lei da compensação. Vamos lá saber quantos minutos terá de se exercitar para queimar esse bendito pecado.

Percorra a galeria e fique a saber tudo!

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.