Retenção de líquidos? Sinta-se nas nuvens e deixe de lado o inchaço…

Deana Coimbra

Aluna finalista de Jornalismo na ETIC

Mãos que “engordam”, pernas inchadas e pés pesados ao fim do dia que parecem já nem caber nos sapatos. A retenção de líquidos não tem de ser mais um peso na sua vida. Como sabemos, o exercício físico diário é fundamental para o bem-estar geral do corpo e para o alívio de dores. É sobretudo um bom amigo para aliviar os edemas, ou como nós lhe chamamos, inchaços. Para além de o aconselharmos a fazer umas boas caminhadas diárias, deixamos-lhe aqui algumas recomendações para reduzir o inchaço e as dores.

Os edemas, ou inchaços consistem na retenção e acumulação de líquidos no espaço que envolve os tecidos e os órgãos do corpo. Os pés e as mãos são, por regra, as zonas mais suscetíveis, muito em parte devido à tão conhecida gravidade.

Existem múltiplas causas para a formação de edema. No entanto, a causa mais frequente é a insuficiência venosa, que faz com que as veias não consigam transportar de forma eficaz o sangue desde as extremidades do corpo (como as mãos e as pernas) para o coração. Nestes casos, o melhor é agir para prevenir e não deixar o problema para mais tarde. Deixamos aqui consigo alguns exercícios que o ajudarão a atuar contra o problema.

Exercícios para combater a retenção de líquidos

Exercícios para as pernas

  • Drenagem postural

Comece este exercício deitado de barriga para cima numa posição em que as pernas estejam mais elevadas do que o resto do corpo. Deitado, puxe a ponta do pé e dedos para si, mantendo a posição durante cerca de três segundos. Depois, empurre o pé e dedos, mantendo outros três segundos. Repita este exercício entre 10 e 15 vezes.

  • Bombeamento de retorno venoso

Em pé, apoiado nas costas de uma cadeira, coloque-se em pontas dos pés. Desça lentamente até todo o pé estar apoiado no chão e coloque-se em calcanhares. Repita estes movimentos entre 8 e 12 vezes. Este exercício pode também ser efetuado com a ponta dos pés em cima de um livro, repetindo os mesmos movimentos. O exercício melhora a função da bomba venosa e ajuda a melhorar a dor de pernas.

Exercícios para as mãos

  • Ativação muscular

Sentado, apoie os punhas numa prateleira à altura da cabeça ou ligeiramente mais alta. Comece por fechar e abrir as mãos ciclicamente enquanto mantém os punhos apoiados. Repita entre 20 e 40 vezes.

  • Drenagem postural

Sentado com as mãos atrás da cabeça, inspire fundo enquanto roda os cotovelos para fora e alonga o tronco nas costas da cadeira. Expire lentamente enquanto retoma à posição inicial. Repita entre 8 e 12 vezes.

Alongamentos para combater a retenção de líquidos

Estes alongamentos também ajudam a combater a retenção de líquidos na zona abdominal e das pernas.

  • Alongamento do abdominal

Comece deitado de barriga para baixo com o rosto no tapete e as mãos abaixo dos ombros. Mantendo os quadris no chão, estique os braços e levante a parte superior do deixando o peitoral para fora e olhando para a frente. Mantenha a posição durante 20 a 30 segundos e no fim, retorne à posição inicial. Repita o exercício três vezes.

  • Alongamento do isquiotibiais na parede

Comece deitado no chão junto de uma parede, ou porta. Coloque os membros inferiores estendidos e relaxados na parede. A bacia e glúteos devem manter-se no chão e a coluna deve ficar reta e numa posição neutra. Mantenha a posição cerca de 30 a 40 segundos. Muito importante lembrar que não se deve forçar o alongamento, que embora possa ser desconfortável, não deve nunca ser doloroso. Repita o exercício três vezes.

  • Alongamento do quadricípite deitado

Comece deitado de barriga para baixo. Dobre o joelho e puxe o pé em direção ao glúteo mantendo a coxa em contacto com o chão. Fique nesta posição durante 20 segundos. Repita o exercício três vezes em cada perna.

E a alimentação?

Embora avançar com uma rotina de exercícios seja um primeiro passo importante a dar, é necessário não esquecer a importância de saber conjugar esta nova rotina com hábitos alimentares saudáveis e equilibrados. Deixamos consigo algumas recomendações e opções imperdíveis para levar na sua viagem por um corpo mais saudável:

  • Melancia: Composta de 92% de água a melancia é uma fruta deliciosa, rica em potássio e magnésio. Não só é um excelente diurético natural como ajuda a eliminar as toxinas do organismo e a eliminar o excesso de líquidos no corpo, sendo assim uma ótima opção para reduzir o inchaço do corpo, principalmente das pernas e rosto.
  • Pepino: O pepino é um diurético natural e uma fonte riquíssima de água e potássio. Este fruto não só é delicioso e refrescante como também é rico em nutrientes e sais minerais. Sendo composto de 96% de água, ajuda a hidratar o corpo, eliminar toxinas e excesso de ácido úrico. Se o escolher incluir no pequeno-almoço, pode optar por uma receita simples de água de pepino, ou numa salada com tomate e queijo branco.
  • Banana: Rica em potássio e fibras, esta fruta é um dos seus melhores amigos para combater a retenção de líquidos. O potássio é um mineral chave para o processo de aceleração do mecanismo e equilibra os efeitos do sódio. Para além disto, as bananas podem também ajudar a acelerar o metabolismo quando misturadas com alimentos que queimam a gordura, como espinafres, mirtilos, gengibre e outros. Aconselhamos assim a aventurar-se com um smoothie matinal de banana, espinafre, iogurte e um pouco de mel.

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.