Tags : ansiedade

ANSIEDADE E TRISTEZA

Os estados de depressão são cada vez mais frequentes. E, também, cada vez mais cedo. Os últimos dois anos de pandemia vieram generalizar a importância da saúde mental e da sua discussão. No Escolher Viver falamos há muito desta questão. Nesta sessão da rubrica semanal Eu e os Outros, Joana Pinheiro, psicóloga clínica no Hospital Cruz Vermelha, identifica o problema.Ver mais

A Guerra entra-nos em casa todos os dias. De que forma ela mexe connosco?

Depois de dois anos de pandemia, com os óbvios impactos que tiveram nas nossas vidas, voltou a guerra. A invasão da Ucrânia por parte da Rússia, e a amplificação informativa dos últimos dias, tem vindo a gerar ansiedades, medo ou impotência em todo o mundo. Razão para enquadrarmos este assunto na temática, cada vez mais relevante, da saúde mental.Ver mais

“Há cada vez mais casos de ansiedade nos mais jovens”

A pandemia veio trazer a saúde mental ao topo das prioridades de saúde pública. E são cada vez mais os jovens que sentem necessidade de apoio psicológico. Depois das festas, a rubrica "Eu e os Outros", que semanalmente o Escolher Viver produz em parceria com o Hospital Cruz Vermelha, está de volta com a ansiedade nos mais jovens. A psicóloga clínica Joana Pinheiro admite que tem cada vez mais pacientes jovens no seu consultório. Ou porque os jovens se sentem perdidos ou porque têm medo de infetar os seus Ver mais

Toc, toc, toc… O que é isso do Transtorno Obsessivo Compulsivo?

A saúde mental é um tema cada vez mais discutido e motivo de alerta para todos. Para que sejamos saudáveis, não basta apenas que o coração, os rins ou o fígado funcionem bem. O nosso cérebro é o orgão mais complexo do corpo e que tem dinâmicas que, muitas vezes, nem os cientistas conseguiram deslindar ainda.Ver mais

Não dormiu? Não se irrite. Vamos ajudar a melhorar o seu dia

Uma boa noite de sono faz maravilhas pelo corpo e pela alma. É durante o sono que os nossos órgãos se restabelecem, a mente finalmente tem o descanso merecido, e renovamos energias para o dia seguinte. O pior é quando isso não acontece. Há aquelas noites malvadas de insónias, que muitas vezes se repetem por dias, e dias, e dias. Afinal de contas, quem nunca?Ver mais