Tags : viver

“Sou um milagre diário, mas sou grata à vida e não posso desperdiçar esta oportunidade de viver”

Vive há 38 anos numa cadeira de rodas, com osteogénese imperfeita, mais conhecida como "a doença dos ossos de vidro". Quando nasceu, deram-lhe poucas horas de vida, mas Mafalda Ribeiro contrariou o destino. Agarrou a vida e aproveitou a sua deficiência para ajudar, motivar e inspirar os outros. O seu sorriso permanente, a sua gargalhada constante contagiam qualquer um. Foi o que aconteceu, há seis anos, a Nuno Azinheira, que conduziu esta conversa. Ver mais