Um dos desportos mais completos. Dez benefícios que a Natação lhe pode trazer!

Izabelli Pincelli

Produtora de Conteúdos

A água já é conhecida pelo seu efeito terapêutico. Agora, imagine juntar essa essência com exercícios físicos. É assim que surge a natação, um dos desportos mais benéficos do mundo para o nosso corpo e a nossa mente. Apesar de ser impossível enumerar todos os seus benefícios, vamos lá conhecer alguns!

A natação tem a sua origem na Grécia Antiga, e era bastante praticada pelos romanos e outros povos. Apesar de ter demorado para ser popularizada e transformada em competição, os seus benefícios sempre existiram.

É um desporto versátil e responsável pela movimentação de todos os nossos músculos, tonificando-os e fortalecendo-os. E, ainda melhor: é divertido!

Além disso, não é preciso muito para começar a praticar. Saber nadar é essencial, mas nunca é tarde de mais para aprender. Os exercícios na água adaptam-se perante a sua necessidade e conhecimento, e não o contrário. Mas uma coisa não muda: independentemente da fase em que está, não se esqueça de fazer alongamentos antes dos treinos para evitar lesões musculares.

Assim como qualquer outra atividade física, é importante equilibrar a prática com bons hábitos alimentares e não se esquecer da hidratação. Além disso, fique atento aos limites do seu corpo e não os exceda!

Um desporto para todos

É um dos desportos mais versáteis do mundo, podendo ser feito com intensidades diferentes, assim como para propósitos distintos. Sejam bebés, crianças, grávidas, idosos ou pacientes com doenças neurológicas ou musculares, a natação oferece uma variedade de exercícios e técnicas que abrangem as necessidades de todas as idades.

Melhora a saúde do coração

A prática constante é responsável por aumentar a produção de óxido nítrico, um composto que auxilia a dilatação dos vasos sanguíneos e, consequentemente, melhora a circulação. Isso traduz-se numa maior quantidade de sangue que chega ao coração e, devido a isso, facilita os batimentos cardíacos, deixando-os mais estáveis.

Aumenta a capacidade pulmonar

Quanto mais treinamos, mais os nossos pulmões se adaptam aos nossos hábitos. No caso da natação, os exercícios requerem sincronização entre os nossos movimentos e a nossa respiração. Face a isso, quanto mais nadamos, mais os nossos pulmões aprendem a comportar-se de maneira coordenada. Isso faz com que esse desporto seja uma boa terapia para aqueles que sofrem com problemas respiratórios, como a asma.

Pouco propenso a lesões

Para aqueles que gostam de exercitar o corpo, mas têm medo de complicações como as lesões, a natação é o desporto ideal. Isso deve-se ao facto de a água tornar os movimentos necessários mais leves e mais fáceis, sendo pouco intenso a nível de esforço. Porém, apesar de auxiliar, a água não é milagrosa! Como já referido anteriormente, é importante sempre alongar todo o corpo antes de praticar.

Queima um elevado número de calorias

Por ser um desporto com baixo desgaste e por auxiliar no alongamento de todos os membros, as pessoas conseguem exercitar por períodos mais duradouros e ter um resultado mais rápido do que outros exercícios. Contudo, é importante ter em conta que a queima de calorias está relacionada ao estilo de natação praticado, à sua intensidade e, também, ao metabolismo de cada um. O estilo de natação que mais auxilia, neste ponto, é a mariposa, que pode queimar até 380 calorias em 30 minutos.

Aumenta a massa muscular

Entre os benefícios principais da natação, está o aumento da nossa resistência e a capacidade de exercitar todos os músculos. O que difere esses dois pontos resultantes da natação dos mesmos resultantes em outros desportos é que, quando nos exercitamos na água, o esforço é menor. Devido a isso, ocorrem, também, poucos desgastes nas articulações, sendo a natação essencial para reduzir o risco de osteoporose. 

Equilibra o emocional

Quando estamos focados nos movimentos e submersos na água, é mais fácil adiar os problemas do quotidiano. A natação auxilia na produção de endorfina, uma hormona responsável pelo prazer e bem-estar. Por isso, é uma ótima aliada para quem sofre com o stress e a ansiedade do dia-a-dia. Além disso, quando feita em grupo, também estimula a interação social.

Melhora as noites de sono

A sensação de leveza e relaxamento referida no ponto anterior, é ainda mais benéfica quando o exercício acontece no fim da tarde ou à noite. Essas, juntamente com os exercícios respiratórios praticados durante o treino, auxiliam o nosso corpo e cérebro a relaxarem, possibilitando-nos ter um sono de qualidade.

Pode ser uma forma de fisioterapia

A água é conhecida pela sua vertente terapêutica, pois, além de facilitar movimentos que, em terra, são difíceis, também promove a sensação de bem-estar.  Essa junção traduz-se num alívio de dores musculares, articulares, entre outros. Porém, é importante que um profissional de saúde recomende o exercício, para, assim, saber adequar a prática às suas necessidades.

Ajuda a melhorar a postura e flexibilidade

Por estarmos constantemente em movimento, o nosso corpo habitua-se e traz as práticas desenvolvidas na água para o terreno, aumentando tanto a flexibilidade, quanto o nosso equilíbrio. Além disso, quando melhoramos a nossa postura, também nos livramos de dores nas costas e, em certos casos, dores musculares e articulares. Sendo assim, ainda mais benéfico para os mais velhos, pois diminui a probabilidade de quedas e, como resultado, complicações graves.

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.