Um pó verde para fazer chá? O que é isso, afinal? É o Matcha tem muitos benefícios para a sua saúde

Carolina Jesus

Produtora de conteúdos

Já se deve ter deparado com fotografias de uma bebida verde. Ou até mesmo de bolachas e bolos verdes! Certamente que surgiu a pergunta “Mas que ingrediente é aquele?”. Nós respondemos: é o Matcha.

O Matcha leva-nos até às tradições chinesas do século VIII e às suas criações de chá, através de folhas. Contudo, foi só no século XII, que esta bebida ficou conhecida, quando um monge budista, Myoan Eisai, a levou para o Japão.

O Matcha fez um sucesso imediato, em todo o país, assim que as pessoas descobriram as suas particularidades, em transmitir um estado de calma e relaxamento, que era uma grande vantagem para as suas sessões de meditação. A partir desse momento, começou a entrar nas cerimónias de chá japonesas ou “chado”, como se chamam.

A popularidade do Matcha

Mas porque é que só agora é que começou a tornar-se popular no resto do mundo?

O chá verde já é conhecido há muitos anos e, embora provenham da mesma planta (camellia sinensis), o matcha é um pouco diferente. Enquanto o primeiro é uma infusão das folhas em água quente, no caso do matcha, as folhas são cozidas, secas e moídas para ficarem em pó.

Ou seja, quando estamos a consumir matcha, estamos, literalmente, a consumir as suas folhas e as suas respetivas vitaminas, antioxidantes e aminoácidos, entre os quais a cafeína e a L-Teanina.

E é nestas duas substâncias que está a razão da forte popularidade do Matcha. Primeiramente, é um grande substituto do café, sendo que as quantidades de cafeína de ambas as bebidas são semelhantes. De acordo com a revista Women´s Health, uma caneca, que, geralmente, é feita com uma colher de chá do pó matcha contém cerca de 70 mg de cafeína.

Contudo, não são apenas os efeitos da cafeína que despertam o interesse dos consumidores, mas também do aminoácido chamado de L-Teanina, que confere calma e sensação de relaxamento ao seu consumidor.

Benefícios para a Saúde

Como já referido, o matcha é uma fonte rica de nutrientes que são, diretamente, consumidos por nós. Dito isto, esta pequena grande particularidade traz muitas vantagens para a nossa saúde.

  • Abundância de antioxidantes – responsáveis por combater os danos causados pelos “radicais livres”, substâncias que contribuem para o desgaste das células e que causam doenças crónicas;
  • Pode proteger do fígado – vários estudos (1, 2) já relacionaram o matcha como uma ajuda à prevenção de doenças do foro hepático.
  • Melhoria das funções do cérebro – poderá melhorar a atenção, o tempo de reação e a memória.
  • Pode impedir o cancro – A comunidade médica não é consensual quanto a esta propriedade, mas existem estudos científicos que provaram que o matcha poderá ajudar na redução do tamanho de tumores (3), a combater o cancro da próstata (4), da pele (5) e do pulmão (6).
  • Redução dos riscos de doenças cardíacas – diminui e previne a oxidação dos níveis do “mau” colesterol (LDL) e triglicerídeos e pode evitar outras doenças cardíacas e acidentes vasculares cerebrais (AVC).
  • Perda de peso – ajuda na aceleração do metabolismo, no aumento de energia e na queima de gorduras.

Outras histórias que vai querer ler

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.